Assembleia Legislativa inicia às 15 horas eleição da Mesa Diretora

A Assembleia Legislativa de Goiás realiza nesta quarta-feira, 30, uma sessão extraordinária para eleição da Mesa Diretora para o biênio 2021-2023. Um requerimento que suspendia a sessão ordinária para a realização do pleito foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira, 29.

O projeto de autoria do deputado Lucas Calil (PSD) que modificou o Regimento Interno para antecipar a eleição que seria realizada em fevereiro de 2021 foi aprovado em definitivo na semana passada.

A expectativa é de que haja chapa única, com consenso, em torno da reeleição do presidente da Casa, Lissauer Vieira (PSB). “Hoje nós temos uma condição muito boa de disputar a reeleição, por isso, vou colocar meu nome à disposição. Creio que, se o cenário não mudar, chegaremos ao consenso de uma chapa única. Se não for possível, vou disputar a eleição, sem dificuldade nenhuma”, pontuou Lissauer Vieira.

A justificativa dos parlamentares para a antecipação da eleição é que 2020 é ano eleitoral e o foco não deve ficar em eleição da Mesa Diretora, mas no trabalho que precisa ser feito no interior e nas eleições municipais.

O projeto aprovado cria ainda o cargo de 3º vice-presidente da Casa e fortalece a voz feminina, equiparando o direito de fala, com a inclusão de uma proporção de duas vagas das nove totais, para as deputadas Lêda Borges (PSDB) e Adriana Accorsi (PT).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui