Câmara e Prefeitura definem estratégias de enfrentamento do novo coronavírus

A Câmara de Goiânia e a Prefeitura estão trabalhando em conjunto na definição das medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus na capital. Em reunião realizada nesta terça-feira (7) na Secretaria Municipal de Saúde, Legislativo e Executivo acertaram com fornecedores a aquisição de 35 mil exames e de 10 mil kits de testes rápidos.

Os kits de testes rápidos serão destinados a pacientes e aos profissionais de saúde da rede municipal – 5 mil unidades para cada grupo. A distribuição foi definida em encontro entre os vereadores Romário Policarpo (Patriota), presidente da Câmara de Goiânia, e Welington Peixoto (DEM), líder do prefeito, a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrue, e representantes da empresa fornecedora.

Na reunião, Policarpo disse que o Legislativo vai complementar com recursos próprios, caso seja necessário, o orçamento destinado à aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da saúde de toda a rede – a pandemia provocou escassez de máscaras, coberturas e álcool em todo o mundo. “Temos de proteger pacientes e servidores”, disse o presidente da Câmara.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os 35 mil exames e os 10 mil testes são suficientes para atender à demanda inicial por verificação de contágio na capital, o município com maior número de casos de Covid-19 no Estado. “Essas providências vão proteger 45 mil vidas, entre pacientes e profissionais de saúde”, disse Policarpo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui