Mais parlamentares se unem a Gabriela Rodart contra projeto que versa sobre passaporte sanitário

Mais parlamentares se unem a Gabriela Rodart contra projeto que versa sobre passaporte sanitário
Na sessão plenária na Câmara Municipal de Goiânia, vereadores se uniram a Gabriela Rodart pelo direito constitucional de ir e vir na manhã desta quinta-feira (16). O grupo composto por Ronilson Reis (Podemos), Leandro Sena (Republicanos) , Kleybe Morais (MDB), Luciula do Recanto (PSD), e Thialu Guiotti (Avante) apresentou um projeto de lei que versa sobre a proibição da exigência de passaporte sanitário dos cidadãos goianienses.

O PL pretende vetar a obrigatoriedade de apresentação de comprovante de vacinação ou do Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS) para permitir o acesso e a permanência em locais públicos ou privados, eventos culturais e esportivos.

A vereadora Gabriela Rodart tem protagonizado a defesa da liberdade individual desde o início de seu mandado. A parlamentar lembra que “a Constituição Federal garante ao cidadão o direito de ir e vir, portanto, qualquer propositura que coloque em risco esse direito é inconstitucional”. Ela destaca que tanto cidadãos que queiram se vacinar como os que não desejam receber o imunizante “devem ter seus direitos preservados”. “Esta é a intenção do projeto de lei que apresentamos”, disse ela.

Texto e foto da assessoria de comunicação da vereadora Gabriela Rodart

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui