Matéria prevê vacinação para crianças com deficiência e idosos acamados

Matéria prevê vacinação para crianças com deficiência e idosos acamados
Projeto de lei (2021/71), de autoria do vereador Sandes Jr. (PP), criando o Programa de Vacinação Domiciliar para idosos acamados e crianças com deficiência motora e multideficiência profunda, foi aprovado hoje, 22, pelo plenário.

De acordo com o texto aprovado, os idosos que poderão se beneficiar devem ter idade igual ou superior a 60 anos e ter alguma doença incapacitante ou degenerativa e portanto, não tenham condições físicas para se descolarem até um posto de vacinação.

Igualmente as crianças deficientes, com dificuldade de locomoção, que dependam de pais ou responsáveis para irem aos postos de vacinação poderão ser atendidas, prevê o projeto.

O objetivo, segundo justifica Sandes Jr. é ampliar o direito à saúde, incluindo idosos e acamados e crianças com deficiência motora e multideficiência profunda entre o público atendido pela vacinação em domicílio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui