Obras da Prefeitura de Goiânia geram emprego e renda na Capital

Sindicato da construção afirma que projetos da administração municipal é um dos principais geradores de emprego e renda na área

Mesmo diante da crise mundial provocada pela pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Goiânia vem executando uma série de obras de infraestrutura que visam melhorar a qualidade de vida da população e contribuir com a geração de emprego e renda na cidade. Projetos como o BRT Norte-Sul, Complexo Viário Jamel Cecílio e a reconstrução asfáltica de 630 km de vias são alguns dos empreendimentos da administração municipal que movimentam o setor da construção civil.

De acordo com diretor de Obras de Infraestrutura do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Goiás (Sinduscon-GO), João Geraldo, o grande número de obras e respectivamente de vagas no mercado de trabalho traz otimismo em momentos de crise como este. “Elas permitirão cada vez mais investimento para gerar novos empregos perenes, são vagas temporárias, mas são abundantes e em grande quantidade”.

João destaca ainda que o volume de obras da prefeitura está  refletindo diretamente na qualificação de novos profissionais que estão entrando no mercado de trabalho.

“São novos engenheiros, técnicos e estudantes que estão fazendo estágio, qualificando essa mão de obra que vai estar disponível daqui pra frente. É muita gente que estava fora do mercado, que estava meio desalentado, voltaram otimistas. É nova fase da engenharia de Goiás’’, lembra o diretor.

Alguns projetos, como a requalificação da Praça do Cruzeiro e o viaduto da Rua 90, ambas no setor Sul, já foram inaugurados. Outros, como a ponte da Vila Alpes, e a Casa de Vidro, estão entre as obras que serão finalizadas ainda neste ano.

Conhecido como “grande tocador de obras”, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, lembrou que diante do crescimento da Capital os projetos atuais visam melhorar a infraestrutura urbana da cidade, além de garantir mobilidade à população. Com isso, o município ajuda manter o mercado de trabalho aquecido, principalmente na construção civil.

“As obras em andamento também geram milhares de empregos diretos e indiretos em nossa cidade. É um benefício direto para nossa economia neste momento tão delicado enfrentado pelo mundo todo”, frisa o prefeito.

Hoje a capital conta mais de 30 obras em andamento por toda cidade e a expectativa, segundo a administração municipal, é de que todas sejam finalizadas no final deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui