Amauri Ribeiro busca regularização fundiária em Goiás no Incra

Instituto entrega mais de 850 títulos para assentados em 2020. Dados do Incra apontam que há mais 300 assentamentos em Goiás, esperando regularização

O deputado estadual, Amauri Ribeiro (Patriota) visitou nesta segunda-feira (11) a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra Goiás) em busca da regularização fundiária de assentamentos em Goiás. Estimado pelo superintendente regional do Incra Goiás, Alexandre Rasmussen Alves, apenas no ano passado foram regularizados mais de 850 títulos em todo o Estado. A meta é que em 2021 esse número seja ainda maior, segundo o Instituto em resposta ao parlamentar que tem atuado pelos assentamentos.

“O resultado do Incra em Goiás é fruto da determinação do nosso presidente, Jair Bolsonaro, para que as pessoas tenham direito a sua terra. É um trabalho que se destacou muito nessa gestão, agora as pessoas podem ter sua titularização”, afirmou o parlamentar.

Uma das etapas mais importante na legalização da terra é o georreferenciamento. Todo o assentamento precisa desse documento para auxiliar no processo de regularização. “Se você líder de assentamento quer sair na frente, faça o georreferenciamento e o geoprocessamento, e traga até o Incra”, orientou o deputado Amauri Ribeiro.

Durante a reunião, ambos destacaram a necessidade de prefeitos, presidentes de assentamento e assentados, atuarem no Incra para regularizar o título. “Os prefeitos precisam buscar o Incra para organizar os convênios e levar estrutura para os assentamentos”, destacou o superintendente Alexandre Rasmussen Alves.

Já o deputado Amauri apontou a espera do cidadão pela regularização no Brasil como um dos desafios pela documentação. “Há assentados em Goiás que esperam por mais de 30 anos e ainda não possuem o seu título. Isso é um sonho sagrado, que acredito, vai se realizar”, contou Amauri Ribeiro.

Durante a reunião, o superintende do Incra apontou a situação crítica que é no município de Niquelândia. O maior município  em extensão territorial  do Estado e onde está a maior bacia do lago Serra da Mesa, há regiões como, por exemplo, o Acaba Vida em que não é possível chegar, se quer de cavalo. “Estarei na cidade nos próximos dois ou três meses e atentarei para os assentados. Vamos ajudar da melhor forma com o apoio do deputado Amauri Ribeiro”, considerou o superintendente.

Ao fim da reunião, o deputado estadual Amauri Ribeiro afirmou que representantes das cidades de Itaberaí, Morrinhos, Assentamentos em Piracanjuba, cidade de Goiás, Campestre de Goiás, Itaberaí, Doverlândia, Caiapônia, Baliza entre tantas outras têm procurado o parlamentar em busca de ajuda na questão de regularização fundiária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui