NA CONTRAMÃO DOS DEMAIS NASFs QUE ESTÃO SENDO FECHADOS, BELA VISTA DE GOIÁS INAUGURA SEDE PRÓPRIA E MANTERÁ SERVIÇO COM RECURSOS PRÓPRIOS

Na manhã da última sexta-feira (9), foi inaugurada, no setor Santa Cruz, (antigo detran) a sede própria do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf) de Bela Vista de Goiás. Apesar do Governo Federal ter cortado a verba que enviava para custear os gastos com o projeto em todo o país, a prefeita Nárcia Kelly, por reconhecer a importância do atendimento de saúde para a população, decidiu manter o Nasf com recursos próprios do município e construir uma sede própria, o que garante a continuidade do Núcleo. Na mesma ocasião também foi inaugurada uma academia ao ar livre ao lado do Nasf e a revitalização da praça que fica na lateral da edificação.

O Nasf trabalha com a prevenção de doenças e a promoção da saúde da população e, em Bela Vista, possui atendimentos com diversos profissionais, como psicólogos e fisioterapeutas. Para pacientes acamados, os profissionais vão até a casa prestar o serviço. Anteriormente, o Núcleo funcionava em uma casa alugada, mas, com a inauguração da sede, construída com recursos próprios do município (cerca de R$ 150 mil apenas e construção, além dos equipamentos), passará a atender a população em um espaço climatizado e com todos os ambientes pensados para esse fim. “Agora temos compatibilidade total entre o serviço de saúde que prestamos e o espaço em que eles acontecem. A população e os profissionais de saúde só ganham com essa inauguração” comemora Francélia Pires, coordenadora no Nasf BVG.
PRAÇA ADOTADA
Ao lado da sede do Nasf, foi inaugurada revitalização da Praça Romano da Costa Abrantes “Sr Nem”. O local foi adotado por Jeovah Martins, que se sentiu honrado com a nomeação. “O apadrinhamento tem duração de dois anos e eu pretendo cuidar com todo o cuidado, mantendo limpa, verdinha e linda” se comprometeu o padrinho. O projeto “Adote uma Praça” é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e a intenção é fazer com que a população se integre com os espaços públicos, se sentindo responsável e participante do cuidado e manutenção da “coisa pública”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui