Entre interesse dos empresários ou da população, Divino Lemes teme desgaste e recusa presidência da CDTC

Desde que o prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), renunciou à presidência da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC) em agosto do ano passado, o colegiado vem sendo presidido interinamente pelo prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB).

Responsável pelas deliberações relacionadas ao aumento da tarifa da passagem de ônibus, a CDTC continua sem um líder definido, uma vez que Divino Lemes (PSD), prefeito de Senador Canedo e próximo presidente na linha sucessória depois da renúncia de Darrot, já decidiu que não vai ocupar o cargo.

O que teria pesando na balança de Lemes seria o desgaste que a impopularidade do cargo pode trazer à sua campanha na tentativa de se reeleger prefeito.

A próxima reunião da CDTC deve acontecer em fevereiro e, ao que tudo indica, ainda não se sabe quem deverá chefiar a Câmara Deliberativa.

Enquanto isso, a população espera por alguém que a defenda de um aumento injusto e de um transporte público sem qualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui